Blog Post

Aleitamento materno: frequência das mamadas

Quem leu o livro diz:

“Hoje informação de qualidade com evidência científica atual é escassa no Brasil. Nesse livro pude encontrar apoio e suporte para seguir empoderada [no] meu instinto materno natural, alheia aos achismos populares ou, pior, aos conselhos decadentes dos profissionais desatualizados. O livro é ótimo, é completo, é encorajador. Parabéns!” – Tatielly A.

Segue trecho do livro Manual Prático de Aleitamento Materno do pediatra Dr. Carlos González, onde é abordado o tema “Frequência das mamadas”.

“Os partidários de limitar a duração das mamadas costumam dizer que “em cinco minutos os bebês esvaziam um peito e a partir disso só brincam com o mamilo. […]

Entretanto, essa interpretação apressada omite vários pontos importantes. Primeiro, no estudo original limitaram a mamada artificialmente a 10 minutos, o que significa que provavelmente muitos bebes não conseguiram mamar 100% do que teriam mamado com uma amamentação em livre demanda, e a porcentagem (80 ou 90%) em 4 minutos é superestimada. Segundo, os bebês necessitam cobrir 100% de suas necessidades, não só 90%. Terceiro, o leite final é mais rico em gorduras, até 5 vezes mais, ou seja, 10% do volume final contém bastante mais que 10% das calorias. Não se trata de que a maioria dos bebês mamem a maior parte do leite, mas que todos os bebês mamem todo o leite que necessitam e isso só pode ser conseguido se permitirmos que mamem o tanto que quiserem. Além disso, o peito não proporciona só nutrição, mas também contato, carinho e consolo; ”brincar” com o mamilo também é uma atividade legítima, e se a mãe está satisfeita com a situação não há motivo para colocar limites. […]

A conclusão foi que o bebê é quem deve determinar a duração da mamada, e que não é possível estabelecer regras arbitrárias.”

Saiba mais sobre o livro neste link.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Relacionadas

Deu na capa do UOL hoje: cama compartilhada divide opiniões — e o pediatra Carlos González defende a prática!

Essa discussão é antiga já: é seguro o bebê dormir na cama com os

Presente para as novas Mamães

Aproveite a promoção deste mês de Maio! Dê de presente o Manual Prático de Aleitamento

Aleitamento materno: O choro do bebê

Quem leu o livro diz: “Ainda que já tenha passado pela parte “dura” da amamentação,

Aleitamento materno: Vitaminas para o lactente

Quem leu o livro diz: “É meu primeiro filho e tinha receio com relação a

Bésame mucho: Sumário

Para quem quer saber o que irá encontrar nesta obra, eis aqui o sumário

“Todos os castigos são inúteis”, diz o pediatra do contra, Carlos González

Segue entrevista do Dr. Carlos González ao Observador (Portugal) em 26/05/2014 com o intuito de

Leite materno é o melhor alimento para as crianças. Mesmo as que têm intolerância à lactose.

Há uma campanha na TV sobre mães recebendo latas do Leite Ninho Zero Lactose

“Bésame mucho” em Brasília!

Pessoal de Brasília já recebeu seu lote de livros “Bésame mucho”! Boa leitura, gente,

Prólogo: Manual Prático de Aleitamento Materno

Para inaugurar o espaço do timoBlog maneira vigorosa, publicamos o prólogo da edição brasileira