Nascimento é algo fodástico e transformador na nossa vida!

Mas mana, preciso te contar uma coisa: a forma como esse bebê nasce impacta TOTALMENTE no nosso puerpério.

A gente idealiza uma porrada de coisas na vida, na carreira, nas relações pessoais, nas relações familiares… com o parto não ia ser diferente, né?

Mas olha só, se a gente fica presa no rolê de parto doriana, quando vivemos nosso parto e ele não é desse jeito aí, a gente fica arrasada!

Já estamos viajando numa montanha russa de hormônios, que vão deixar a gente bem mexida, mesmo tendo o parto doriana, imagina quando ele não é assim?


Então mana, se prepare, se entregue, mas confie no que tiver que ser, afinal cada parto é único, assim como cada filho é único.


Viva do jeito que você puder viver!

Pós-parto é deságue:

  • Deságua no nascimento – bebê saindo do líquido e vindo para o ar;
  • Deságue nas emoções – deixe vazar os olhos, solte as águas emocionais de dentro de você;
  • Deságue no leite – quanto mais você desaguar essas águas anteriores, mais fluído esse leite vai sair;
  • Deságue no Sangue – nosso “resguardo”, sangue sagrado de faxina uterina.


Se sinta em um rio corrente, deixando as coisas fluírem <3

Tudo bem se sentir triste ou para baixo se essa experiência não saiu como você imaginava, mas saiba que seu objetivo está aí pertinho de você, então aproveite para fazer um ninho com seu bebê.

Se você sentir que está além do que você aguenta, procure uma ajuda profissional, uma doula pós-parto ou uma terapeuta especialista em puérperas, vale muito a pena!

Sua experiência foi como você imaginou? Conta aqui nos comentários!

Beijo da doula!